fbpx
Parto

Dor do parto. Que dor é essa?

Impressionante a reação das pessoas quando uma grávida relata a vontade de ter parto normal. Pior ainda quando diz que pretender ter sem anestesia. Nossa!!!! A resposta quase sempre é: “Você é louca!!”, “Pra que sentir dor?”.

A dor geralmente é um sinal do corpo de que algo não está indo bem.  A dor do parto é diferente dos outros tipos de dor, por várias razões.  Primeiro, não é uma dor continua, ela vem e volta com as contrações, durante as pausas a mulher não sente nada, é como se nada estivesse acontecendo.

Outra quesito importante é pensar que as pessoas são diferentes e cada uma tem seu limiar de dor. Esse limiar de dor também sofre variações de acordo com outros fatores como: ambiente, apoio das pessoas próximas, fatores emocionais da pessoa e vivências de cada uma.

Também questiono que se essa dor fosse tão terrível a humanidade já teria sido extinta, ninguém teria mais que um filho… Pois é… a dor no parto é tão diferente que é até “esquecida”. Sem contar que com o nascimento acaba a dor e ainda você recebe a maior recompensa que é o seu bebê.

O obstetra inglês Dr. Denish Walsh diz que a dor é um rito de transição e que ajuda a regular o parto, pois contribui para que a fisiologia seja respeitada.  Também fortalece o vínculo entre mãe e filho e  prepara a mulher para a maternidade.

Já se a gente analisar a cesárea*, tão preferidas das mulheres que não querem sentir dor. Percebemos que é uma grande ilusão. Pois mesmo não sentindo nada durante “o parto”, com certeza terão outro tipo de dor após. Como todo pós-operatório requer repouso, descanso, analgésicos e anti-inflamatórios.

E tudo isso na hora em que você mais precisa dedicar-se ao bebê. Será que vale a pena?!

Infelizmente muitas acham que sim, prova disso é que mais de 87% dos partos em hospitais particulares são cesáreas e grande parte delas são eletivas, ou seja, marcadas sem que ao menos a mulher entre em trabalho de parto e seu bebê avise que está pronto para nascer. Um total desrespeito a natureza humana.

*A cesárea é uma cirurgia, salva vida de mamãe e bebê e é segura quando aplicada tendo real necessidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *